top of page

Caminhando e TRILHANDO por PORTO ALEGRE - Turismo


Durante os 10 anos em que estive à frente do meu grupo de corrida de rua, sempre busquei levar os alunos para treinar nas trilhas da região. Sabia que elas iriam ajudar no fortalecimento físico e mental, mas o que eu queria mesmo era tentar fazê-los sentir aquela energia e conexão que eu sentia quando estava em meio à natureza. 🙌🏼


Nós íamos para treinar, mas acabava virando turismo, com várias paradas para tirar fotos e ficar babando as paisagens. Tudo isso a poucos minutos de casa. 🏃🏽‍♀️


Através de um amigo das aventuras conheci o trabalho dos guias de turismo @oguiawill e @guiajupeixoto, que criaram o @trilhandopoa. A proposta deles é focada no turismo nestas mesmas trilhas que eu fazia e em outras mais pela região metropolitana. 📸


E se liga, ele é historiador e ela professora de inglês, então pega essa mistura e tenta imaginar quais outras percepções, conexões e conhecimentos podem ser vividos durante uma boa caminhada com eles. Talvez este seja um dos diferencias deste belo trabalho, a mistura desses elementos históricos, biológicos e geográficos com algo que em primeira análise seria somente físico. 🗣️


Te garanto que Morro é o que não falta. Tem o da Tapera, o São Pedro, o Parque Itapuã (Viamão), Morro do Osso, Morro São Caetano, Morro Santana, Morro das Cabras (Sapucaia), Morro Itacolomi e até passeios mais calmos como o Jardim Botânico e o Parque Knijnik. Os roteiros são escolhidos e montados conforme sua sede por aventura e condicionamento físico atual.


Mas me diz aí nos comentários, qual morro de POA você já trilhou? ⛰️





11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page